sábado, 16 de julho de 2011

Ela o Sol... Ele a Lua...




Eles eram assim, um completando o outro, nunca se falaram, muito menos se viram ou se conheceram, ela o claro, ele o escuro. Ela vinha de um casamento de branco pela rua, ele de um funeral, perdido, sem caminho, ela o sol, ele a lua. Ela saía a noite, se encontrava com suas amigas e se divertia, dançando, bebendo e rindo, ele em seu quarto, apenas com o abajur ligado, lendo seu livro e o oco, ela alegria, ele tristeza. Ela gostava do dia, do sol, da praia, das montanhas e tudo nisso que há vida, ele preferia o cinza da cidade de um inverno frio e chuvoso, ela o sol, ele a lua. Ela almejava ser doutora, tinha sonhos e planos futuro, queria falar francês, latim e tudo mais, ele nem sabia o que era sonho, nem muito menos tinha algum plano futuro, ela o riso, ele o pranto. Ela queria ter filhos, constituir uma familia e alcançar a felicidade real, ele queria salvar o mundo e morrer lutando, alguma coisa em vão sabe? Ela o verão, ele o inverno. Quando estava dormindo ela sonhava, sonhava que era uma princesa, e em um baile dançava com um príncipe, como nessas histórias de conto de fadas, a noite ele tinha pesadelos, sempre caía de algum precipício, ela a vida, ele a morte. Ela era o centro de tudo e de todos, e por onde passava fazia com que o tempo parasse, ele era só mais um, tão vazio e nada, ela o céu, ele a terra.
 E eles eram assim, como as vinte e quatro horas de um dia, doze ela, doze ele, era preciso, era necessário.


4 comentários:

Priscilla Cavazzotto disse...

ADOREI!
Liiindo lindo amiga!
beijos meus e um bom final de semana!

Priscilla Cavazzotto disse...

Minha querida, tem selinho pra ti em meu blog!
Passa lá!
Beijos meus

Bianka disse...

Queeeeeee lindo ellen *--*

Eva Laís ●•ツ disse...

Tudo muito lindO por aqui! BjO, Boa semana pra ti!

Postar um comentário

Faça um Blogueiro feliz, comente! rsrs ♥
Obrigado amores pelo carinho sempre constante.