terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

A imutabilidade da vida


Tudo que se ganha nessa vida é pra perder
Tem que acontecer, tem que ser assim
Nada permanece inalterado até o fim



Zeca Baleiro

4 comentários:

Jessica disse...

Pois é, nem a própria vida se tem para sempre!

Bjs

Zélia Gadelha disse...

Difícil é aceitar facilmente... O ser humano em essência é possessivo!
Bjuss

Priscilla Cavazzotto disse...

A resposta para a minha tristeza de ontem...
beijos meus flor!

Yohana SanFer disse...

Linda esta do Caio...estava com saudades de vir aqui! :)

Postar um comentário

Faça um Blogueiro feliz, comente! rsrs ♥
Obrigado amores pelo carinho sempre constante.