terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

"Vida louca, vida breve.. já que eu não posso te levar, quero que você me leve." Cazuza



" O ímpeto de crescer e viver intensamente foi tão forte em mim que não consegui resistir a ele. Enfrentei meus sentimentos. A vida não é racional; é louca e cheia de mágoa. Mas não quero viver comigo mesma. Quero paixão, prazer, barulho, bebedeira, e todo o mal. Quero ouvir música rouca, ver rostos, roçar em corpos, beber um Benedictine ardente. Quero conhecer pessoas perversas, ser íntimas delas. Quero morder a vida, e ser despedaçada por ela. Eu estava esperando. Está é a hora da expansão, do viver verdadeiro. Todo o resto foi uma preparação. A verdade é que sou inconstante, com estímulos sensuais em muitas direções. Fiquei docemente adormecida por alguns séculos, e entrei em erupção sem avisar."
Anais Nïn

4 comentários:

.:*Alinezinha*:. disse...

Adorei o post.. mensagem forte, cheia de vitalidade, força!!!
Parabéns!!! :)

.:*Alinezinha*:. disse...

Linda, tem selinho (selinho nº 2) pra vc no meu Blog, viu?!
Acesse pelo link: http://muitascoisasporai.blogspot.com/2011/02/selinho-da-sensivity.html
Beijos!!!

.:*Alinezinha*:. disse...

Linda, tem selinho (selinho nº 2) pra vc no meu Blog, viu?!
Acesse pelo link: http://muitascoisasporai.blogspot.com/2011/02/selinho-da-sensivity.html
Beijos!!!

Yohana SanFer disse...

Belo post memiga! bjsss

Postar um comentário

Faça um Blogueiro feliz, comente! rsrs ♥
Obrigado amores pelo carinho sempre constante.