domingo, 12 de junho de 2011

"As coisas mudam, mas isso não significa que elas melhorem." - House



Neste mundo encantado das relações entre homens e mulheres, existem algumas situações que muitas vezes gostaríamos de amenizar ou sequer ter passado por elas. Não me refiro aos micos  nossos de cada dia… mas sim àqueles momentos tensos… aqueles segundos que gostaríamos de uma dose de whisky sem gelo ou até mesmo algo mais forte, tipo… a morte, para tentar passar por eles.
Veja o que estou tentando explicar…
Você traiu… na manhã seguinte vai encontrar com a pessoa que está com você e mesmo sabendo que ela dormiu em um calabouço trancado com dezenove cadeados, sem luz, sem telefone, sem internet, sem água, sem comida… você tem cólicas fortíssimas, até essa pessoa te dar um “bom dia”, com um sorriso bem feliz no rosto e então você ter certeza que ela não sabe de nada… ainda! A sensação de alívio é um pouco melhor do que estar se afogando e encontrar uma bóia.
Você ligou para ela… todo doce e romântico… disse que ficaria em casa, afinal o dia foi muito cansativo e se despede como se aquela conversa fosse a deixa para ela não ligar mais naquela noite… e então você vai para a farra com os amigos… mas ela tem uma saudade súbita e liga para o seu celular…1, 2, 3… 8… 19 vezes e você não atende. Não vai adiantar dizer que dormiu e não ouviu, pois ela sabe que você tem o sono leve e só dorme com o celular do lado… você pode até pensar em uma mentira que convenceria até a máquina da verdade dos programas de TV, mas até chegar essa hora de contar para ela… nem um coquetel de rivotril, lexotan e maracujina, fariam as suas mãos pararem de suar.
Vocês terminaram… ele ao que parece já está muito bem resolvido, mas você além de estar sofrendo como uma condenada, sente uma saudade insuportável, incontrolável e inexplicável em pleno sábado a noite… imbuída pela falta de bom senso ou coisa parecida, você pega o celular e digita um torpedo que revela não só o seu estado fragilizado, mas que também o convida para uma saída naquela noite… Ah, minha amiga! Entre o momento que você aperta o send e que antecede a resposta dele, você conhece todos os níveis que compõem a palavra DESESPERO….
Ele ficou de ligar, mas nós sabemos muito bem que isso nunca foi garantia de nada… mas é sábado e você está animadíssima e muito confiante que essa ligação vai rolar. Então aposta todas as suas fichas, ou melhor, todo o seu cartão de crédito indo ao salão se produzir inteira… muda o corte, a cor dos cabelos, faz as unhas, depilação, descoloração… a chaparia toda! A tarde vai passando, você não pára de checar o celular e nenhuma ligação… o bichinho ta tão quieto que você liga para a sua melhor amiga e pede para ela te ligar de volta só para saber se está tudo certo com o aparelho… sim, está! A tarde se foi e ele não ligou, a noite está passando e nenhum sinal do bofe… a sensação desse momento de espera, não é de Deus!!! Ignorando todo o seu instinto primitivo de enfiar o cabelo embaixo do chuveiro para liberar sua raiva, felizmente você é convencida pela vaidade feminina que o visual ta bacana demais para terminar a noite sozinha… e então, mesmo lembrando do safado, cachorro, mulherengo, insensível, idiota… que à propósito, não te prometeu nada… você resolve se jogar na balada! 
Alguém pode contestar e dizer que não se abala com esse tipo de coisa… que não tem nenhum problema com a reação da pessoa traída ou que não se frustra com expectativas não correspondidas … Parabéns!
Para todos os outros que já viveram situações parecidas e sabem o significados dessas sensações, bem vindos ao clube! E se quiser contribuir com mais alguma história… fique à vontade!

4 comentários:

júh doce mel ♥ disse...

Oiiii Ellen seu blog cada dia mais lindo cheio de sentimentos boa semana p/ vc bjinhoss

http://jhdocemel.blogspot.com/

Bianka disse...

verdade em cada linha mesmo!

Corrinha Rodrigues disse...

Oxe, retratou a realidade fidediguinamente!

Muiiito bom! :D

Idiossincrasia Literária disse...

Oi! Te seguindo aqui, o texto "Remember me" é bem feminino, quem não já passou por isso? ;D
invista sempre na leitura da alta literatura, para que cada vez se aprimore mais.
^^

Postar um comentário

Faça um Blogueiro feliz, comente! rsrs ♥
Obrigado amores pelo carinho sempre constante.