quarta-feira, 24 de agosto de 2011

“Jantar a dois, dividir o sorvete, tomar chuva - pequenos nadas que fazem o amor ser um todo completo.” Caio Augusto Leite.

 

Gosto de estar com você…
Gosto de gargalhar com as besteiras inteligentes que você diz.
Gosto desse seu visual desgrenhado, como se tivesse medo de cortar os cabelos e fazer a barba.
Gosto do seu jeito criança e doce, apesar de ser tão alto e ter uma certa cara de mau.
Gosto de conversar com você e pular de um assunto para outro sem concluir nada.
Gosto de te ouvir falar sem parar e depois me perguntar se está falando demais.
Gosto quando você some e depois aparece do nada, dizendo que foi abandonado.
Gosto de saber que gostamos de tantas coisas iguais e que temos a mesma opinião em diversos assuntos.
Gosto dos seus comentários emocionados quando fala de alguma coisa que gosta.
Gosto quando você canta… e mesmo não sendo pra mim, faço de conta que é.
Gosto da sua energia, da sua áurea leve, do seu jeito despretensioso de conquistar as pessoas.
Gosto de lembrar do dia que nos conhecemos.
Gosto de repetir para mim mesma que “essa é a última vez” e ficar com um sorriso bôbo quando você me chama de novo… e eu vou.
Gosto do poder que tenho em controlar o que sinto por você e não me deixar envolver ou cobrar o que não devo.
Gosto da liberdade de estar com você… ou não.
Gosto de não sofrer por você…   
Gosto, especialmente, de termos nos aproximado depois de tanto tempo que passei só te admirando.
Gosto do inesperado e isso é o que tenho quando se trata de você.
Gosto do seu sorriso pra mim, pois só eu entendo a cumplicidade implícita nele.
Gosto de falar de você em um tempo que não é passado, nem futuro, mas que está sempre presente nas minhas boas lembranças.
Gosto de você!

2 comentários:

Moni Abrao disse...

Lindo, muito lindo!
Mostra que o amor ainda existe!

Ellen Cristiane disse...

Existe e vive em todos nós.><

Postar um comentário

Faça um Blogueiro feliz, comente! rsrs ♥
Obrigado amores pelo carinho sempre constante.